domingo, 25 de abril de 2010

A poética.


A cidade é poética.
As ruas são poéticas.
Os mínimos sons, tão sucintos
que chegam a serem imperceptíveis,
são poéticos.
Porque eu estou me descobrindo poeta.

Por Dhalila Nogueira.