segunda-feira, 14 de junho de 2010

Lágrimas.


Nunca as senti tão próximas,
tão necessárias, tão dominantes do meu eu,
tão partes de mim.
Nunca as havia esperado a fim de desfazerem o meu
desespero, o meu ódio, minha agonia.
Nunca as desejei tanto quanto as desejo agora.
O refúgio.
O desabafo.

[...]

Lágrimas.


Por Dhalila Nogueira.