domingo, 29 de abril de 2012

Pulsar.

Se pudessem aliviar a dor do peito daqueles que não sabem o que é o amar.
Meu peito não mais tortura sofreria.
Far-se-ia de rimas.
De canções.
De tudo que engloba e conduz a paixões.
Me pertenceria.

por Dhalila Nogueira.