sábado, 30 de dezembro de 2017

Hesitação.

A você que escolhi, por ser aquilo que nunca quis, nunca desejei.
Admiração!
A você que se fez exigente, insistente...
Decepção!
A você que entre presença e ausência, se fez único e insubstituível.
Apartação!
A você e áqueles tantos "quases"...
Realização!
A você sapo...
Que ao beijar, transformei em príncipe?!?!...
Exoneração!