quarta-feira, 25 de abril de 2018

Meu bem.

Depois de tantos anos resolvi voltar ao início de tudo.
Li e relembrei os momentos bons vividos.
Descobri o amor ainda latente.
As mágoas enterradas.
E como as minhas palavras fluíam melhor quando eram destinadas à você.
Lembrei dos tempos de promessas e juras eternas.
E me perguntei quando foi que nos perdemos e viramos completos estranhos?!?!...
São tantos anos que nos separam fisicamente.
Mas, ainda te sinto aqui.
Em forma de boas lembranças.
De sorrisos em arco-íris.
De lágrimas saudosas.
E ironicamente me pego, novamente, escrevendo por você!